>
like
like
" hoje, e talvez pelo resto da minha vida. desde o começo dela,eu não queira saber o que o ministério da saúde adverte: eu sabia que ia morrer antes mesmo de nascer, então, pra que diabos eu vou passar a minha vida inteira pensando em câncer de pulmão ou útero, aneurisma cerebral ou gangrena?existem tantas ervas que eu nunca fumei:eu já conheço shiva, mas deus, existem tantos deuses nesse mundo e todos eles estão mortos, de que me serve a vida se não para me suicidar?não me refiro a um tiro de 38 na cabeça como se fosse fácil nascer: que todos vamos sofrer, já sabemos, mas para que tornar o sofrimento tão intenso se existem cigarros, as vezes álcool, em todas sexo, se o céu é sempre um quadro impressionista diante das melhores câmeras do mundo, nossos olhos, porque não nos render ao clichê que é sofrer por amor e depois escrever textos depressivos em guardanapos de bares sujos ou bordéis? infeliz é quem pensa que felicidade é um plano de saúde nós só temos o que pensamos que vamos tero meu cigarro não vai me causar um câncer, mas inspiração a minha alma gêmea não precisa de mim pra ser feliz e puta merda, isso é maravilhoso, o amor é livre, lindo, e não tão narcisista quanto nos disseram.a escolha sobre as energias que colocamos nos pensamentos coletivos é nossa: o ministério da saúde não adverte, mas gente que não vive também morre. "
like
like
like
like
like
like
like
like
like
like
like
like